Bahia sedia Congresso Nordeste de Transplantes, reunindo profissionais e dirigentes de saúde

Logo

A Bahia será palco de um importante evento na área de saúde, sediando o Congresso Nordeste de Transplantes entre os dias 5 e 8 de junho, no Quality Hotel, no Stiep. Promovido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) por meio do Sistema Estadual de Transplantes, o evento reunirá profissionais e dirigentes de hospitais e secretarias de saúde dos nove estados nordestinos, com o objetivo de discutir avanços, desafios e compartilhar experiências no campo dos transplantes de órgãos.

O Congresso Nordeste de Transplantes acontecerá de 5 a 7 de junho, seguido pelo Simpósio Nordeste de Transplante de Medula Óssea no dia 7 e pelo Simpósio Nordeste de Transplante Cardíaco no dia 8. O evento abordará temas essenciais como o acolhimento familiar, a comunicação de más notícias, a Organização de Procura de Órgãos (OPO) e a situação dos programas de transplantes na região. Especialistas renomados, como Fernando Rodrigues, diretor de Colheita e Transplantação de Lisboa, e Edvaldo Leal de Moraes, coordenador da OPO do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, estarão entre os palestrantes.

Foto: Ascom/Sesab

O coordenador do Sistema Estadual de Transplantes, o médico Eraldo Moura, destaca a importância de abordar a recusa familiar à doação de órgãos, um dos principais entraves na Bahia, com um índice de 61%, acima da média nacional. Em 2023, a Bahia realizou 308 transplantes de rim, 582 de córneas e 45 de fígado. “Todas as pessoas são doadoras em potencial, sujeitas à avaliação médica da história clínica e doenças prévias”, ressalta Moura.

Os simpósios sobre transplante de medula óssea e transplante cardíaco abordarão temas específicos, como os avanços no tratamento de leucemia e linfoma, as indicações para transplantes pediátricos e os desafios do primeiro transplante cardíaco no Nordeste. Os eventos contarão com a presença de especialistas como Fernando Atik, da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), Rodrigo Carneiro, de Pernambuco, e Juan Meija, do Ceará, destacando a relevância e os avanços na área de transplantes na região.

Fonte: Ascom/Sesab

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário