Brasileirão 2024: São Paulo, perde na estreia esbarra em noite inspirada do goleiro do Fortaleza

São Paulo, Morumbis: Neste sábado, o São Paulo perdeu do Fortaleza, por 2 a 1, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de um bom primeiro tempo, parando em noite inspirada de João Ricardo, o Tricolor paulista sofreu um “apagão” na etapa final e tomou dois gols: um de Lucero e outro de Machuca. André Silva diminuiu para o time são-paulino.

Com este resultado, São Paulo fica na 19ª posição, sem nenhum ponto, enquanto o Leão assume a liderança do campeonato, com três pontos, empatado com o Internacional.

O São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira, pela segunda rodada do Brasileirão, para enfrentar o Flamengo, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília). Enquanto isso, no mesmo dia, o Fortaleza duela com o Cruzeiro, na Arena Castelão, às 20 horas.

O JOGO

Logo no primeiro minuto de jogo, o São Paulo conseguiu chegar ao ataque trabalhando as bola no pé. Depois de tabela entre Calleri e Luciano, Igor Vinícius cruzou na área, mas Michel Araújo finalizou mal sem nenhum perigo. Já passados dez minutos, o São Paulo escapou bem com Igor Vinícius, que cruzou na área e João Ricardo fez a defesa tranquila. O São Paulo chegou a levar perigo aos 14 minutos em um cabeceio de Calleri depois de cobrança de escanteio, mas o árbitro assinalou falta de ataque na jogada.

                                                  Foto: Leonardo Moreira – FEC

Pouco depois, o Fortaleza tentou sair jogando, Alisson recuperou a bola pouco depois do meio campo e lançou para Calleri, mas o camisa 9 não alcançou e o goleiro ficou com a bola. Aos 20 minutos, o Tricolor paulista criou sua melhor chance no jogo. Luciano recebeu de Pablo Maia, ajeitou a bola e soltou um forte chute, obrigando o goleiro do Leão a fazer uma defesa no cantinho. Aos 28, Michel Araújo ficou com a sobra da bola na entrada da área e soltou uma pancada e viu João Ricardo espalmar. Na sequência, o uruguaio construiu boa jogada, driblando a marcação e tocou para Alisson, que finalizou com perigo e viu o o arqueiro do Fortaleza fazer nova defesa.

Ambos os times voltaram do intervalo com a mesma formação. Contudo, passados dez minutos e nenhuma jogada de grande perigo, os treinadores realizaram alterações nas equipes. O Fortaleza saiu em contra-ataque aos 16, com Machuca, que levantou a bola na área, mas viu o perigo ser afastado por Ferraresi. Pouco depois, Michel Araujo mandou boa bola para Calleri. O camisa 9 ficou no chão após disputa com Brítez, mas nada foi marcado. A resposta do Leão foi rápida. Pochettino cruzou para Lucero, que dominou dentro da área e bateu cruzado sem chance para Rafael.

Com 25 minutos no relógio, o São Paulo quase empatou. Erick cruzou a bola na área e William finalizou bem, obrigando João Ricardo se esticar para defender e mandar a bola para fora. Os mandantes buscaram o ataque, mas não tiveram efetividade. O Fortaleza escapou em contra-ataque aos 34 minutos, Machuca saiu na cara do gol de Rafael e fez o segundo.

O São Paulo não deu o jogo por perdido e diminuiu aos 39 minutos. André Silva recuperou a bola no campo de ataque, achou espaço e soltou uma forte pancada da entrada da área, sem chance para João Ricardo. Já nos acréscimos, Pablo Maia arriscou de longe e por pouco não empatou.

FICHA TÉCNICA – SÃO PAULO 1 X 2 FORTALEZA

Local: Morumbis, em São Paulo (SP)
Data: 13 de abril de 2024 (sábado)
Hora: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Alex Gomes Stefano
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Daniel de Oliveira Alves Pereira
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro
Cartão vermelho: nenhum
Cartões amarelos: Luciano e Nestor (São Paulo); Pochettino, Brítez, Lucero, (Fortaleza)
Público: 35.055 torcedores
Renda: R$ 1.836.126,00

GOLS

SÃO PAULO: André Silva (aos 39 minutos do 2°T)
FORTALEZA: Lucero (aos 20 minutos do 2°T) e Machuca (aos 34 minutos do 2°T)

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius (Erick), Diego Costa, Arboleda e Ferraresi; Pablo Maia, Alisson (Nestor), Galoppo (James Rodríguez), Luciano (André Silva) e Michel Araújo (William); Calleri.
Técnico: Thiago Carpini

FORTALEZA: João Ricardo; Kuscevic, Titi, Brítez e Bruno Pacheco; Hércules (Lucas Sasha), Zé Welison (Pedro Augusto), Yago Pikachu (Machuca), Pochettino e Marinho (Moisés); Lucero (Tinga).
Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Fonte: Gazeta Esportiva

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

Deixe o primeiro comentário