Festival da Universidade Estadual de Feira de Santana explora a diversidade da sanfona

Logo

A multiplicidade e profusão de sons que podem ser criados através do manejo da sanfona vão estar em evidência em mais uma edição do Festival de Sanfoneiros da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O evento, na 13ª edição, está programado para a próxima quarta-feira (29), a partir das 17h30, no Auditório Central do campus universitário, e reunirá finalistas de diferentes estados do Brasil.

Para esta edição, foram selecionados 9 sanfoneiros: 3 para categoria nacional; 2 na categoria regional nordestina até 8 baixos; 2 para categoria regional nordestina acima de 8 baixos; e 2 na categoria infantojuvenil. O público, este ano, poderá interagir com os finalistas, enviando perguntas e comentários sobre as apresentações, durante o evento.

O Festival de Sanfoneiros, realizado pelo Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), terá entrada gratuita e diversas atrações. A abertura ficará por conta do ”Som da Mata”, grupo do Vale do Capão formado apenas por mulheres, que apresenta músicas autorais e tradicionais de gêneros como ciranda, coco, ijexá, samba e forró. O grupo Raízes do Nordeste, banda de forró de Feira de Santana, também se apresentará no Festival.

Um espetáculo multimídia também fará parte da programação. Haverá participações musicais de DJ Shikuro (Feira de Santana-BA) e Valentina Sanfoneira (Vale do Capão-BA) e visualizações do VJ Bug Visuals (Salvador-BA). O público também contará com a ”Feira de Saberes e Sabores”, espaço de comercialização de peças de artesanato e comidas típicas nordestinas.

O 13º Festival de Sanfoneiros de Feira de Santana, de acordo com Geovane Mascarenhas, diretor artístico do evento, apresentará um espetáculo multimídia explorando a aparente dualidade entre o ”antigo” e ”moderno”, o ”passado” e o ”futuro”, o ”rústico” e o ”altamente tecnológico”. O evento marca o início das comemorações dos 48 anos da Uefs que será comemorado ao longo deste ano, com diversas outras programações.

Fonte: Ascom/Uefs

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário