Libertadores, 2023: Respeito é bom, e todos gostam e o Olimpia, agigantou-se no Defensores del Chaco!

Taça Libertadores, 2023: O todo poderoso Flamengo foi eliminado pelo Olímpia, diante de um Defensores del Chaco lotado, que pressionou do início ao fim.
Quem conhece e entende o Futebol, sabia que a derrota e a eliminação era algo possível.
Contudo, a possibilidade de eliminação do Flamengo jamais foi levada em consideração, e o golpe da desclassificação foi mais duro que a torcida rubro negra imaginava.
A PlayMaker Sports Brasil enumerou os motivos que levaram o Flamengo a ser eliminado de forma justa pelo, não menos tradicional, Olímpia.
SOBERBA
Influencers que comentam o cotidiano rubro negro e apresentadores de televisão, comemoraram ao sair o emparelhamento com o Olímpia, julgando ser um confronto mais fácil. Até o próprio técnico, Jorge Sampaoli, já olhava o Flamengo nas quartas de final e até mesmo na final da Taça Libertadores, sem antes estudar o adversário em questão.
Para chegar nas próximas fases, era preciso passar pelas oitavas de final e enquanto o Flamengo já se preparava para um possível clássico com o Fluminense, o Olímpia esteve focado para o confronto com o Flamengo.
RESPEITO E TRADIÇÃO
O Olímpia disputou a Taça Libertadores da América, em 45 oportunidades.
De tradição esse time entende.
O Flamengo disputou a Taça Libertadores da América em 19 oportunidades.
Os dois times tem 3 títulos da competição.
Logo, não era um confronto entre um time tradicional e uma zebra. Pelo contrário, era um confronto de camisas pesadas da América do Sul. E assim deveria ser tratado, mas não foi, pelo menos por parte do Flamengo, que demonstrou total desconhecimento do peso que tem a camisa do “Decano” Olímpia.
ORGANIZAÇÃO TÁTICA
Em diversos momentos da atual temporada, independente do técnico que estava a frente do Flamengo, um adversário minimamente organizado, conseguia expor fragilidades antigas, que sempre voltam a tona em derrotas acachapantes do rubro negro.
Podemos enumerar derrotas para Fluminense, Botafogo, Red Bull, Aucas, Cuiabá e a mais recente para o Olímpia.
Em todas essas derrotas, o Flamengo, que possui receita milionária e tem um elenco midiático do goleiro ao centroavante, jamais conseguiu, frente a times com boa organização tática, ser compactado, ter uma pressão pós perda digna dos padrões atuais do Futebol, e apostou demais em seus talentos, sem que houvesse uma base tática para dar suporte as estrelas do time.
Tudo isso podíamos ver nos anos 90. Porém, em 2023, o Futebol atual exige um pouco mais de cooperação da equipe, como um todo, não apenas dos ‘carregadores de piano’.
O Olímpia, tradicional, mas de orçamento humilde, expôs tais fragilidades, mais uma vez.
Depois de ter enumerado alguns fatores que colaboraram para a desclassificação do Flamengo, e a merecida classificação do Olímpia, vale lembrar que o Decano Olímpia, é o clube que mais vezes eliminou o atual campeão da Taça Libertadores da América, com quatro eliminações já contando com a vitória contra o Flamengo.
Toda vez que o Olímpia eliminou o atual campeão, ele se sagrou campeão continental.
Será que o Tetracampeonato está a caminho ?
Respeito ao gigante Decano !
Fonte: PlayMaker Sports Brasil / Fotos: redejovemnews

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

Deixe o primeiro comentário