ALBA: Eduardo Alencar, relembra a história de luta, repudia crime contra a Ialorixá, amiga, Mãe Bernadete

Salvador – ALBA: O deputado Eduardo Alencar (PSD) lamentou, através de moção de pesar apresentada na ALBA, o falecimento da senhora Maria Bernadete Pacífico Moreira, líder do Quilombo de Pitanga de Palmares, em Simões Filho. A convivência, os ideais, que com o passar dos anos transformaram-se em uma relação de amizade, admiração e respeito mútuo.
Registro histórico, de uma sólida jornada de luta, admiração e amizade
“Maria Bernadete Pacífico Moreira, mãe, avó, guerreira carinhosamente chamada de Mãe Bernadete, deixou o seu legado de luta e resistência, buscando através da luta incansável em prol da sua Comunidade Quilombola em Pitanga de Palmares”, disse, acrescentando que “o seu trabalho de forma contundente fez com que ela fosse reconhecida nacionalmente pelos seus feitos”.
Mãe Bernadete, em 2006, foi convidada pelo deputado Eduardo Alencar, à época prefeito de Simões Filho, para assumir a Secretaria Municipal de Promoção a Igualdade Racial.
“O seu trabalho buscando sempre trazer harmonia entre os povos de etnias faziam com que Bernadete se destacasse no cenário brasileiro dentro do seu segmento, o que a credenciava como uma desbravadora na sua atividade e guerreira”.

Além de líder comunitária local, Bernadete também participava do Conselho Nacional de Quilombos (Conaq) e da luta por direitos de outros quilombos. “Seu legado jamais será esquecido. Sentiremos falta dos seus ensinamentos que formaram e fortaleceram o crescimento da comunidade quilombola e dos povos de terreiro de Simões Filho”.

Fonte: Com informações ASCOM-ALBA Vídeo: ASCOM – Gabinete 

Foto: Acervo Eduardo Alencar/Binho do Quilombo

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Compromisso com a verdade

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos. .”

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

Deixe o primeiro comentário