Baianos do bodyboard iniciam disputa de 2ª etapa no Chile do Circuito Mundial de Bodyboard

Baianos do bodyboard iniciam disputa de 2ª etapa no Chile do Circuito Mundial de Bodyboard

Entre os três melhores do mundo no bobyboard pelo ranking atual da IBC Bodyboarding World Tour, Uri Valadão e Gabriel Braga disputam a terceira etapa do circuito mundial a partir desta sexta-feira (17), em Antofagasta, no Chile. Essa é a segunda etapa no país após a etapa de Iquique. Eles viajaram para ambas as competições com a concessão de passagens aéreas através da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

O bodyboard baiano é destaque com Uri em 2º lugar e Gabriel em 3º do ranking, atualmente, que conta os últimos quatro eventos. Em 2023, os dois melhores brasileiros ao final do ranking também eram os baianos, com Gabriel em 11º e Uri em 15º. O diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, pontua a importância da atuação da Sudesb para garantir que os baianos possam competir nos grandes eventos e conseguir boas colocações.

Foto: Ascom/Sudesb

“Já percebemos que os baianos têm muito talento no bodyboard mundial pelos últimos resultados. Nós conseguimos garantir a participação deles nos grandes eventos com a concessão de passagens aéreas para aproveitar esse talento e levar o nome da Bahia para o mundo. A nossa expectativa, que já está sendo comprovada com o ranking atual, é de melhorar cada vez mais à medida que damos mais apoio”, comenta Vicente.

Até o próximo dia 26 de maio, as disputas acontecem nas ondas de Antofagasta em cinco categorias. Na categorial principal do evento, Pro Men Division, Uri e Gabriel devem entrar na água para valer apenas no domingo (19) ou na segunda-feira (20).

Vindos da disputa em Iquique, Uri melhorou o ranking, subindo para o 2º lugar, após a conquista do terceiro lugar na primeira etapa chilena. Já Gabriel, mesmo perdendo posições após não ficar entre os dez melhores, segue com boas expectativas para a segunda etapa em território chileno. Ele era o 1º do ranking mundial antes de embarcar para o Chile e planeja retomar a dianteira.

“Eram ondas que eu e Uri conhecíamos bastante. Mas, não tive um bom resultado. Fico muito feliz de outro baiano ter tido um grande resultado. Ter nós dois no top três é um feito imenso para o estado e para o país. Estamos focados e treinando bastante. Sem a Sudesb, realmente, nada disso seria possível”, aponta Gabriel.

Fonte: Ascom/Sudesb

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário