Balanço parcial aponta 35 atendimentos em unidades especializadas em queimados

As unidades hospitalares da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) que disponibilizaram leitos de referências para vítimas de acidentes que causam queimaduras registraram, desde a última quinta-feira (20) até o último domingo (23), 35 atendimentos relacionados ao São João. Deste total, 26 foram no Hospital Geral do Estado (HGE), oito no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) e um no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ).

Dos casos que deram entrada no HGE, 19 foram por explosões de bombas e sete por queimaduras diversas, como acidentes com fogos de artifícios e fogueiras. Do total, 14 foram pacientes do interior e 12 da capital. Os atendimentos registrados no HRSAJ foram por queimaduras por pólvora. Os casos foram de três pacientes de Santo Antônio de Jesus e os outros cinco de Muritiba (1), Governador Mangabeira (2) e Cruz das Almas (2). O paciente encaminhado para o HRJ foi levado de Senhor do Bonfim.

Foto: Leonardo Rattes/Sesab

Tanto o HGE quanto o HRSAJ e o HRJ estão preparados para atendimentos de pacientes vítimas de acidentes que ocasionaram queimaduras. Além destas três unidades, o Hospital do Oeste, em Barreiras, também conta com leitos especializados.

Todas as unidades estão com um esquema especial para o São João. Elas estão contando com reforços nos plantões para atender à demanda durante este período. Essa iniciativa faz parte das ações preparadas pela Sesab para a época junina, cujo investimento total é de R$ 4,5 milhões.

O diretor Geral de Gestão das Unidades Próprias, Michael do Carmo, aponta que o foco deve ser sempre na prevenção. “Ações educativas são essenciais para reduzirmos números de vítimas, por isso a Sesab sempre investe em iniciativas que visam informar a população sobre o assunto”, destaca.

Postos de emergência

O esquema especial da Sesab para o São João também contemplou a montagem de postos de atendimento de saúde no Parque de Exposições, no Pelourinho e em Paripe, locais em que estão ocorrendo festas promovidas pelo Governo do Estado. Estas unidades registraram do dia 21 até o momento, 293 entradas. As principais causas foram cefaleia e intoxicação alcoólica. Apenas 13 pessoas necessitaram de transferência para outras unidades de saúde.

Fonte: Ascom/Sesab

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário