Com mais de 560 testes realizados, posto de testagem de Amargosa reforça prevenção

Além de curtir o forró e as comidas típicas de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, o professor Tales Silva, de 42 anos, aproveitou para cuidar da saúde. Ele foi um dos primeiros atendidos no segundo dia de funcionamento do posto de testagem de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) montado na Praça do Bosque, principal ponto de encontro dos festejos do município. 

Acompanhado do filho, de 16 anos, Tales pôde realizar testes-rápidos para a detecção de HIV, sífilis e hepatites B e C. Ele e todos que foram ao posto, tiveram acesso, ainda, à distribuição de preservativos femininos e masculinos, aconselhamento sobre prevenção e encaminhamento para tratamento, no caso de testes positivos.

Foto: Bárbara Silveira/Saúde GOVBA

“A gente tem que se prevenir, né? Principalmente nós, homens, que negligenciamos, às vezes, nossa saúde, ou deixamos tudo para a última hora. Então, aproveitei a oportunidade de vir e também trouxe meu filho para realizar todos os testes”, contou o professor, que é morador de Amargosa. 

Desde a última quinta-feira (20), quando a operação foi iniciada no posto de testagem localizado no município, mais de 560 testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C já foram realizados. Ao todo, foram registrados 10 testes positivos, sendo 1 para HIV e 9 para sífilis. Até o momento, duas pessoas iniciaram o tratamento para Sífilis no local.

Coordenador do espaço, Radaman Barreto explica que a iniciativa é uma ação preventiva. Os profissionais da Sesab estão trabalhando no local das 16h até às 3h da madrugada para atender a população.

Foto: Bárbara Silveira/Saúde GOVBA

 “O objetivo é quebrar o ciclo das Infecções Sexualmente Transmissíveis. Estamos de portas abertas para atender a todos com os testes rápidos de HIV, sífilis, hepatite B e C. Estamos percebendo um aumento expressivo da procura pelo serviço. Nossa previsão é aumentar, ainda mais, o número de testes realizados nos próximos dias de festa”, afirmou.

O estande chamou a atenção da estudante Luciana Almeida, de 19 anos. Pela terceira vez no São João de Amargosa, a soteropolitana aprovou a ação. “Achei muito interessante. Fiz todos os testes com agilidade e fui muito bem acolhida por toda a equipe. Espero que seja uma ação que venha para ficar”, elogiou.

Fonte: Ascom/Sesab

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário