Delegação baiana disputa II Etapa da Copa Brasil de Canoagem neste final de semana

Delegação baiana disputa II Etapa da Copa Brasil de Canoagem neste final de semana

Com 20 atletas, a delegação baiana de canoagem já se encontra em Curitiba, capital do Paraná, para a disputa da II Etapa da Copa Brasil de Canoagem de Velocidade e Paracanoagem, que acontece entre quinta-feira (16) e domingo (19). Os competidores viajaram com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

A autarquia estadual garantiu a participação da equipe baiana, uma das principais do país, nas duas principais competições nacionais no primeiro semestre de 2024 – as duas etapas da Copa Brasil – com o transporte dos atletas e dos respectivos equipamentos. O diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, destaca a atuação da Sudesb no apoio à modalidade no estado e com os atletas, dentre eles grandes nomes que já foram campeões brasileiros.

“A Sudesb é uma importante parceira da canoagem baiana, possibilitando que nossos atletas viajem para as competições nacionais. O retorno é espetacular. Temos os principais canoístas do país e até do mundo. Essa é a força da canoagem baiana, que apoiamos com os nossos programas para os atletas e de descoberta de novos talentos, como o Remando em Águas Baianas, agora em mais cidades no estado”, aponta Vicente. 

A competição nacional fará parte dos eventos que definem a pontuação geral do ranking nacional de Canoagem Velocidade, ao lado da primeira etapa, realizada no final de abril em Lagoa Santa, em Minas Gerais, e do Campeonato Brasileiro de Canoagem de Velocidade e Paraconagem 2024, previsto para setembro, também em Lagoa Santa. Ao todo, 150 atletas de nove estados e 20 associações disputam a segunda etapa nacional.

A Bahia está representada por quatro associações: a Associação Cacaueira de Canoagem (ACC), de Ubaitaba; Associação de Canoagem de Itacaré (ACI); Associação de Clube de Remo (ACR), de Camamu; e a Associação Ubatense Esportiva de Canoagem. A equipe de Ubaitaba está em 2º lugar no ranking e a de Itacaré está em 3º lugar.

Mesmo sem a presença dos nomes que já garantiram a vaga olímpica para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, como Isaquias Queiroz, Vadenice Conceição; Filipe Santana e Jack Goodman, a presidente da Federação Baiana de Canoagem (Febac), Camila Lima, espera bons resultados. “A expectativa da equipe é se manter entre os três melhores colocados e obter o melhor ranking nacional 2024”, explica.

Fonte: Ascom/Sudesb

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário