Eleições 2024: Simões Filho, já apresentaram-se 6 pré-candidatos, e uma dúvida quem será o candidato do PSD…?

As eleições de 2024 em Simões Filho, marcadas para o próximo dia 6 de outubro, prometem ser bastante disputadas. O cenário aponta um acirramento, e àqueles que pretendem vencer a corrida, terá que lutar, conquistar, voto-a-voto, esse cenário de incertezas já coloca diversos pré-candidatos na corrida eleitoral, o debate até o momento é focado no nome e peso de cada candidatura, sem apresentarem ao eleitorado quais são as propostas, projetos de governo, deixando para após confirmação nas convenções o que traz um cenário de intensa movimentação política nos bastidores.

SETE CONCORRENTES, ao EXECUTIVO

No tabuleiro do poder, já apresentaram-se como pré-candidaturas, representando a gestão “Boa Terra Boa Gente”, temos Del do Cristo Rei, do União Brasil. Pelo Progressistas, destaca-se o ex-secretário de Saúde, Dr. Alfredo Assis, a professora Mariza Pimentel, pelo Republicano, também é uma das pré-candidatas, assim como o jovem e combativo Kadu Maverick, do PSOL. Ferdnand Andrade, pelo PSB, completa a lista de candidatos já anunciados.

Além desses nomes, a disputa pode se intensificar ainda mais com a possível confirmação de um dois pesos-pesados do PSD em Simões Filho: Edson Almeida, conhecido como “Irmãozinho”, e o deputado e ex-prefeito da cidade por quatro mandatos, Dr. Eduardo Alencar, se for o escolhido poderá modificar significativamente o cenário eleitoral, ao acirrar o debate, confronto, com o prefeito Dinha, reverenciado como o ZERO HUM na liderança da gestão, dita, Boa Terra Boa Gente.

A entrada desses dois últimos nomes, Edson/Eduardo, promete endurecer a competição pelo voto, trazendo à tona a força política do PSD no município. Eduardo Alencar, em particular, com novo slogan “Nada resiste ao trabalho”, e sua longa trajetória política e grupo ainda não definiu-se como pré candidato.

Portanto, a corrida eleitoral em Simões Filho sugere ser uma das mais acirradas dos últimos tempos, com candidatos de diferentes partidos e perfis prontos para conquistar o eleitorado da cidade.

PODPENSAR

Eduardo Alencar movimentou as redações após sua participação, no podcast PodPensar, onde apresentou uma série de denúncias acompanhadas de documentos que listam uma série de super-pagamentos.

A maior repercussão foi causada ao apresentar fatura de 57 mil reais paga a um âncora do rádio, na RMS,  descrito por Eduardo Alencar como “cabo-eleitoral” do prefeito Dinha. Eduardo Alencar apontou irregularidades na Saúde e no Transporte, afirmando que, ao final de sua última gestão, deixou mais de 70 micro-ônibus à disposição da população, que agora sofre com o atendimento precário pelo sistema “Ligeirinho”, criticou a não aplicação da lei 995/2016 que é o PDDM – Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal. Um claro menosprezo a uma lei que define o quadro estratégico para o desenvolvimento do município, um importante instrumento de referência para a elaboração dos avanços e crescimento do município, ao não aplicar a lei, travou o desenvolvimento de Simões Filho.

Durante mais de três horas de participação no podcast, Eduardo Alencar esquentou os bastidores da política local e expôs o que ele considera os supostos erros da administração de Diógenes Tolentino Oliveira, o prefeito Dinha. Essas revelações têm agitado o cenário político de Simões Filho e prometem influenciar o clima das próximas eleições. 

O eleitor, está observando todos os candidatos ansiosos por posicionamentos, questionamentos e, principalmente, a apresentação das ações que poderão, de fato, produzir as transformações sócio-econômicas que possibilitem uma atmosfera de crescimento, desenvolvimento dos níveis da Educação, Mobilidade Urbana, Habitação, Saúde, Esporte, Emprego e Renda.  Até o momento,  nenhuma das pré-candidaturas demonstraram suas pautas para avaliação do cidadão-eleitor.

Em breve, serão publicados, pela Equipe de jornalismo do Redação Nacional, um raio X com o pérfil de cada uma das candidaturas que estão sendo colocadas à disposição do eleitor, na corrida das Eleições – 2024 em Simões Filho.

 

 

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

 

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”

Deixe o primeiro comentário