Encontros Integrados da Educação reúnem gestores e educadores de 51 municípios

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu nesta quinta-feira (13), o Encontro Integrado da Educação, reunindo educadores e gestores da Educação de 51 cidades em Seabra e Eunápolis. O objetivo é apresentar ações e programas do órgão estadual, além de ampliar o diálogo e a troca de experiências para esclarecer dúvidas e fortalecer a colaboração entre o Estado e os municípios, visando a melhoria do processo educacional nas regiões.

Em Seabra, o encontro ocorre no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) – Campus Seabra, com a presença de representantes de 30 municípios dos Territórios de Identidade de Irecê (NTE 1), Chapada Diamantina (NTE 3) e Piemonte do Paraguaçu (NTE 14). A secretária de Educação de Novo Horizonte, Solange Rocha, expressou sua satisfação em participar do evento. “Estou muito feliz em estar aqui nesse encontro maravilhoso, que reúne todos esses gestores em prol da nossa educação. É muito importante saber e discutir as estratégias dos programas, além de adquirir mais conhecimento para poder reverberar lá no nosso município”.

Jucelina Ribeiro, diretora do NTE 3, acredita que a iniciativa fortalece a colaboração entre as unidades municipais e estaduais. “Hoje, aqui no nosso território, estamos recebendo o encontro de fortalecimento do regime de colaboração das nossas escolas. É um momento muito importante para nós, pois marca esse processo colaborativo entre o Estado e os municípios. Este é um momento de grande valia para os nossos secretários e técnicos e estamos recebendo um retorno muito positivo”.

Em Eunápolis, profissionais da Educação de 21 municípios dos Territórios de Identidade do Extremo Sul (NTE 7), Médio Sudoeste da Bahia (NTE 8) e Costa do Descobrimento (NTE 27) estão reunidos, durante todo o dia, na Universidade Norte do Paraná (Unopar). Wesley Rocha, técnico de prestação de contas e coordenador do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) de Caravelas, explicou a necessidade da discussão dos processos educacionais. “É uma grande honra participar desse encontro. Através dessas formações, somos melhor capacitados e informados sobre como funcionam os programas e como podemos atender melhor as demandas das nossas cidades. Espero futuros encontros como este para que, juntos, possamos fazer uma educação de qualidade”.

Temáticas 

Nos encontros territoriais, que acontecem até 18 de junho, os educadores debatem os programas Formação pela Escola (FPE); Rede Estadual de Assistência Técnica e Pedagógica aos Municípios do PDDE; Bolsa Família; Bolsa Presença; Busca Ativa Escolar e Pé-de-Meia. Também discutem questões relacionadas às ações integradas, ao Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE) e ao censo escolar, entre outros assuntos. Na oportunidade, os participantes recebem suporte técnico e discutem estratégias para melhorar a qualidade da educação em seus municípios. A estimativa é que cerca de três mil educadores e gestores participem dos encontros em toda a Bahia.

Fonte: Ascom/SEC

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário