Invicto, Brasil atropela Bulgária na Liga das Nações Feminina de Vôlei

O Brasil precisou de apenas 1h18min para superar a Bulgária por 3 sets a 0 e carimbar a 11ª vitória seguida na Liga das Nações de Vôlei (LNV). Já classificadas para as quartas de final, as brasileiras ganharam nesta sexta-feira (14) com parciais de 25/11, 25/11 e 25/23. A seleção, que busca um título inédito na competição, volta à quadra no domingo (16), contra a Turquia, atual campeã da LNV, no último duelo da fase classificatória em Hong Kong (China).

Uma possível vitória diante da Turquia garantirá ao Brasil a liderança do ranking mundial, que pertence no momento à Turquia. A lista da Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em francês) será atualizada na próxima segunda (17) e servirá de parâmetro para a definição de cabeças de chave na Olimpíada de Paris. Quem ficar em primeiro lugar no ranking ocupará a posição de número 1 (cabeça de chave) no Grupo B em Paris 2024. Já a equipe segunda colocada ocupará a posição 1 do Grupo C.

No jogo diante das búlgaras nesta sexta (14), a oposta Tainara foi a maior pontuadora, com 19 acertos (14 no ataque, três no saque e dois no bloqueio). Quem também brilhou, com 15 pontos,  foi a ponteira Ana Cristina, poupada nos últimos dois jogos em razão de um desconforto muscular na panturrilha esquerda.

“Acho que a gente está jogando como um time realmente. O nosso foco não é só agora, na Liga das Nações, mas num campeonato muito importante que são os Jogos Olímpicos”, disse Tainara após o triunfo, em declaração à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

A LNV, última grande competição antes dos Jogos de Paris, reúne as 16 seleções mais bem ranqueadas do mundo. O desempenho da equipe servirá de base para o técnico José Roberto a lista de convocadas para Paris 2024.


Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário