LEM: Titular da SEGOV, Danilo Henrique, afirma: “Para nós é essencial fortalecer e apoiar a cultura”

Luís Eduardo Magalhães: Na última quarta-feira (11), o secretario de governo, Danilo Henrique, marcou presença em  duas reuniões,  na pauta as tratativas sobre o fortalecimento da cultura no município.

Dois importantes movimentos culturais foram abordados durante os encontros, o evento da Paixão de Cristo e as apresentações das Quadrilhas Juninhas, tradicional dança das festas de São João, especialmente no Nordeste.

“Para nós é essencial fortalecer e apoiar a cultura, por isso, apesar de ainda estarmos em janeiro, estamos de forma antecipada pensando nas importantes festividades do município. A Paixão de Cristo é um grande espetáculo regional, que atrai público de diversas cidades do Oeste e do entorno e as Quadrilhas Juninas é um segmento cultural muito forte no Nordeste. Eles já estão organizando seus eventos e é importante trabalhar com planejamento, então, nosso papel como prefeitura é alocar o recurso público de forma correta”, afirma o gestor da Segov.

Ano passado, o espetáculo, que ocorre na Semana Santa, reuniu cerca de 60 atores e bailarinos de diversos bairros da cidade, que fazem parte da Associação Cultural Paixão de Cristo. Este ano, a encenação completa 13 anos. Já no Concurso de Quadrilhas Juninas, a grande campeã foi o grupo Cai Mas Não Cai, seguida de Tira o Pé da Brasa e Ki Balanço, em segundo e terceiro lugar respectivamente, e a 4ª colocada foi a Renascer, fruto do apoio da Prefeitura de LEM.

Fonte & Foto: Ascom / LEM

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Compromisso com a verdade

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos. .”

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados

Deixe o primeiro comentário