Municipalista: Desbloqueando o Sucesso com o PSD, partido administra mais de 1.000 prefeituras no Brasil

A paisagem política do Brasil é dinâmica, com partidos disputando influência e poder. Entre eles, o PSD se destaca com sua abordagem estratégica para garantir prefeituras e lançar candidaturas presidenciais. Neste artigo, exploramos os métodos, sucessos e ambições do PSD, lançando luz sobre seu papel fundamental na política brasileira.

Gilberto Kassab – Senador Otto Alencar 

Gilberto Kassab e Otto Alencar, em 2011, foram os articuladores na formatação do PSD, fundado em 2011. Kassab optou em traçar o perfil do PSD o afastando da direita, sem declarar-se de esquerda, ou de centro. O pragmatismo, do PSD acabou por atrair prefeitos interessados em guardar distância dos dois principais polos da política nacional.

JANELA PARTIDÁRIA

As movimentações, troca de partidos, no prazo legal da Janela Partidária, não trouxe prejuízos ao PSD, de Kassab, Otto Alencar e Governador Ratinho Júnior, do Paraná. Ocupando 3 ministérios no Governo Federal, presente no Governo Tarcísio Freitas, em São Paulo, Gilberto Kassab é secretário  de  Estado, em um cenário futuro o PSD está, extremamente, fortalecido: Opção 1, poderá apoiar a reeleição do presidente Lula, (PT), ou lançar um nome do partido para concorrer à sucessão.

As transformações, no cenário político partidário, mudam com espantosa velocidade. Partido dos Trabalhadores, uma das principais siglas da Esquerda, ocupa o comando da presidência, porém no jogo do poder, tem perdido força no Congresso Nacional e também na esfera Municipalista. A principal legenda de oposição, hoje, tem poder minguado, os políticos que representam estão filiados aos “ditos” partidos de aluguel.

A janela de migrações partidárias deixa claro uma nova configuração da distribuição do “PODER POLÍTICO”. O PT – Partido dos Trabalhadores, filiou 83 prefeitos, muito pouco, diante da força que detinha, em um passado recente, mesmo estando no comando da máquina do governo federal. O PL – Partido Liberal, colocou todas as suas fichas e pretensões, no poder de  atração de um político, Jair Bolsonaro, incendiário e o crescimento foi pífio.

Ter ou não o maior número de prefeitos pode não representar a força do partido. Determinado grupo, pode até mandar no país, mesmo sem comandar nenhuma prefeitura do interior. Porém,  ranking apresenta um interessante MOSAICO do PODER, com cores fortes, definindo quais são as FORÇAS que operam a política tupiniquim.

Os resultados obtidos pelo PT e o PL na última janela apontam uma nova configuração, na ponta de cima da tabela. O PSD ganhou quase 400 prefeitos, agora está administrando 1.040 municípios, crescimento de 58%, em comparação a 2020, tendo ultrapassado MDB, 916 municípios, como o partido à frente do maior número de cidades.

Os partidos que “encolheram” o número de prefeituras foram: PSDB, Cidadania, podemos, Solidariedade, PDT, PRD que surgiu da fusão Patriota+PTB.

No Paraná o PSD contou com o prestígio político, popularidade,  do Governador Ratinho Júnior, tendo eleito 215 prefeitos,  o partido governa mais da metade dos municípios paranaense.

Gilberto Kassab, demonstrou habilidade ao conseguir 3 prefeitos de capitais, eleitos em 2020, por outros partidos: Eduardo Paes, Rio de Janeiro, Rafael Greca, Curitiba e Topázio Neto, Florianópolis.

Portanto, com o forte crescimento do PSD poderá ser um indicativo de projeto político para apresentar a candidatura própria já nas próximas eleições majoritárias. O nome que demonstra força dentro do partido é Ratinho Júnior, governador Paraná… ou governador de São Paulo Tarcísio de Freitas, caso  Gilberto Kassab e  demais lideranças optem em apoiá-lo.

 

Editorial: Romário dos Santos – Editor Chefe

 

Foto: Mateus Pereira/GOV-BA

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

 

Deixe o primeiro comentário