Nova York: Executivo da Goldman Sachs é encontrado, com corpo boiando, em rio

O corpo de John Castic, analista do Goldman Sachs, foi encontrado no Newtown Creek, em Nova York, segundo a imprensa internacional. Ele havia desaparecido após um show no Brooklyn Mirage. Ele teria deixado a boate no sábado de madrugada, conforme informou a polícia. O executivo tinha 27 anos.

Um homem avistou um corpo, sem camisa, flutuando de bruços próximo ao East River, perto de 1100 Grand St, e comunicou o caso para a polícia, que chamou a  Unidade de Serviço de Emergência do NYPD para retirar o corpo da água.

John saiu com amigos no fim de semana, e avisou que voltaria para casa com carro de aplicativo. Panfletos de desaparecimento foram distribuídos pelos arredores do local.

O presidente e CEO do Goldman Sachs, David Solomon, disse que Castic era um “membro dedicado e motivado” da equipe de controladores do banco de investimento.

“Estamos todos chocados e tristes ao saber da trágica morte de John”, disse Solomon em um comunicado. “Nossos pensamentos estão com sua mãe Dawn, seu pai Jeff e toda a sua família neste momento tão difícil. John fará muita falta para sua família Goldman Sachs”, disse o CEO.

Fontes: IstoÉ –  New York Post

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

 

Deixe o primeiro comentário