Redação Nacional: Uma Crítica à Afirmação de Tarcisio Almeida sobre Edson Almeida

Simões Filho, cidade localizada na RMS – Região Metropolitana de Salvador, no último dia, (21)Tarcísio Almeida, durante entrevista na Simões Filho FM, 87.9, Programa Panorama de Notícias,  proferiu declarações polêmicas ao sugerir que seu tio, Edson Almeida, estaria “amarrado”, “escravizado” na política. Tal afirmação não apenas é infundada, mas também desrespeitosa e prejudicial ao debate político em Simões Filho. Edson Almeida é Livre…!!

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que a comparação de um político ativo e engajado como Edson Almeida com a condição de escravidão é completamente descabida. Ao contrário do que sugere Tarcísio, Edson Almeida é um indivíduo livre, que exerce sua vontade e liderança de forma autônoma e consciente.

Além disso, ao usar termos tão carregados de significado histórico como “escravizado”, Tarcísio Almeida não apenas minimiza a gravidade da escravidão como instituição, mas também ofende a memória daqueles que foram vítimas desse sistema desumano e brutal.

Ao invés de contribuir para um debate político construtivo e respeitoso, as declarações apenas servem para desviar a atenção dos reais problemas e questões que afetam Simões Filho. Em vez de discutir propostas e soluções para os desafios enfrentados pela cidade, somos confrontados com ataques infundados e irresponsáveis.

Edson Almeida e sua história, merecem aplausos e tratamento respeitoso da sociedade Simõesfilhense

 

É importante que os atores políticos em Simões Filho se pautem pelo respeito mútuo e pela ética no debate público. Críticas são bem-vindas quando fundamentadas em argumentos sólidos e respeitosos. No entanto, é fundamental evitar o uso de linguagem inflamatória e ofensiva, que apenas serve para polarizar e dividir a comunidade.

Em suma, as declarações de Tarcisio Almeida sobre Edson Almeida são não apenas injustas, mas também irresponsáveis. É hora de colocar de lado as diferenças pessoais e políticas e trabalhar juntos em prol do bem-estar e do progresso de Simões Filho.

Edson Almeida, o “IRMÃOZINHO” é LIVRE inclusive após decisão do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, está apto a concorrer à qualquer cargo eletivo. Portanto, sua filiação ao PSD – Partido da Social Democracia, foi comemorada pelo Senador Otto Alencar, presidente do partido no Estado da Bahia, com as mensagens de boas vindas do Deputado Estadual Eduardo Alencar, assim como as demais lideranças do PSD.

SUPERINTENDENTE DE TRÂNSITO

O jovem Tarcísio Almeida de Jesus Santana, ocupa importante cargo, na administração dita, Boa Terra Boa Gente, Superintendente de Trânsito, com “libertador” SALÁRIO + GRATIFICAÇÃO, as informações estão na transparência  do Diário Oficial.

Bem menos que um outro membro da família, prima.  Advogada, nomeada no último dia 14 de maio, na Secretária Municipal de Educação no cargo Comissionado de Assistente Símbolo DAS-6B, o Diário Oficial, menos de R$ 2.000,00 sendo oportuno registrar existe outros membros da família nomeados, e nós do Redação Nacional, não compactuamos com quem os coloca, também como “escravizados” pela gestão Boa Terra Boa Gente…

Espero que esta crítica reflita a gravidade das declarações de Tarcísio Almeida e a importância de um debate político respeitoso e construtivo. Será que Tarcísio Almeida, foi tomado por forte emoção, por está na bancada do Panorama de Notícias, e preferiu fazer média com o prefeito Dinha, desrespeitando a história, o legado político do Irmãozinho, seu TIO, Edson Almeida, a postura do sobrinho podemos considerar como análoga à falta de educação e respeito… Ainda existe espaço para uma pública retratação, não é Tarcísio Almeida…??

Romário dos Santos – Editor Chefe – Redação Nacional

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”

Deixe o primeiro comentário