Simões Filho: Até “O Carrasco, quer saber… É ilegal ou Imoral…? O Concurso em que membros do primeiro escalão são aprovados

A Prefeitura de Simões Filho, Bahia, desde 2017, tem como líder do Poder Executivo, o prefeito Diógenes Tolentino de Oliveira – DINHA – MDB. Eleito, em 2016, após uma bem sucedida estratégia de marketing político, transformada em plano de governo, denominado PENSA SIMÕES FILHO…

Prefeito Dinha, comprometeu-se, portanto, a colocar em execução uma administração que sepultaria as, ditas, velhas práticas administrativas, que na visão do seu grupo político colocavam a cidade de Simões Filho, em constante atraso na aplicação de políticas públicas, o que impedia o desenvolvimento socioeconômico do município.

PROJETO DE PODER

Desde que assumiu, colocou-se em prática um bem elaborado projeto de poder, ao conseguir eleger a primeira dama do município, Kátia Oliveira, fato de grande relevância política, como sendo a primeira Deputada eleita e  ao conseguir a reeleição com recorde de votos, prefeito Dinha ratificou o seu projeto de poder.

CONCURSO PÚBLICO

Várias áreas da administração municipal, indica a necessidade de pessoal, e o estrategista, e politicamente, ambicioso, Diógenes Tolentino, em pleno processo pre eleitoral, divulga a realização de Concurso Público, e de forma surpreendente, dentre as primeiras colocações estão, familiar, e membros do primeiro escalão da gestão, dita, Boa Terra Boa Gente…

PODE ISSO ARNALDO…?

Trata-se de mais uma ação, que caberá ao MP-BA, Ministério Público da Bahia, acompanhar a legalidade, ou não, sobre o preenchimento desses cargos por pessoas, politicamente, e pessoalmente, ligados ao prefeito Dinha e seu projeto de poder.

É FAKE NEWS!!!

Você que não conhece a realidade de Simões Filho, sabem como funciona o “SISTEMA”, porém os militantes, apoiadores da administração Boa Terra Boa Gente, em Simões Filho, fazem constantes campanhas, buscando desqualificar, qualquer publicação, matéria, ou informações que, na visão deles, são OPOSIÇÃO, e uma das mais utilizadas ferramentas, publicadas nas Redes Sociais, é atacar, autores, das “pautas de oposição’, rotulando-as como FAKE NEWS

Essa pauta, sobre a legalidade ou não, da participação de membros do primeiro escalão, da Boa Terra Boa Gente, no referido concurso público, consta na edição do Jornal A TARDE, coluna O Carrasco:

Onde o Grupo A TARDE de Comunicação trouxe de volta O Carrasco. Segundo A TARDE, agora, maduro e com o desafio de explorar a política do século XXI. Os bastidores de um cenário cada vez mais volátil, cuja participação do cidadão se torna ainda mais intensa. Em meio à jovem democracia brasileira, O Carrasco vem para fazer a diferença, com informações exclusivas sustentadas pela credibilidade de uma marca que completou 107 anos. Atento, O Carrasco percorre municípios, capitais e marcando presença também em Brasília, observando os passos dos políticos por onde passar.

Será que os inquisidores de plantão, manterão contato com o Grupo A Tarde, questionando o conteúdo de O Carrasco…? Postarão, nas Redes Sociais, que trata-se de Fake News…?

Repensar é preciso, Simões Filho.

Romário dos Santos – Editor Chefe – Redação Nacional

 

 

Fonte: Redação Nacional – A Tarde – O Carrasco – Foto: Reprodução Redes Sociais

 

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Compromisso com a verdade

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos. .”

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

Deixe o primeiro comentário