Testagem de ISTs agrada público no São João da Bahia, no Parque de Exposições

Foto: Ivan Dias Marques/Saúde GOVBA

O trabalho vai além da demanda espontânea no posto. Profissionais da Sesab abordam o público dos shows, orientando, informando e convidando a realizar a testagem. “Esse é um trabalho importante, feito com muito cuidado e respeito. Muita gente desconhece ainda o perigo das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), então a orientação educativa, junto com a testagem, é fundamental para contermos a propagação dos vírus”, avalia a Secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana.

Uma das pessoas que resolveu fazer a testagem foi a estudante Maria Eduarda Martinez, de 19 anos. “Gostei bastante do que o pessoal está fazendo, porque às vezes a gente não sabe nem tem tempo para fazer um exame. Aqui, em 30 minutinhos a gente descobre como está”, afirmou ela, que ainda convenceu alguns amigos a se testarem também. “Se não tivesse o posto de testagem aqui hoje, não sei quando eu ou eles faríamos esses testes. Um dos meus amigos estava com medo da agulha, mas consegui convencê-lo de que não dói e então viemos todos testar”. concluiu.

Foto: Ivan Dias Marques/Saúde GOVBA

O autônomo Vinícius Jesus, 41, ficou feliz que, com uma “furada” só, teve acesso ao resultado de quatro exames. “É a primeira vez que eu faço teste em show. Já fiz em um posto médico onde eu moro, na Boca do Rio. Se tivesse em todas as festas seria maravilhoso, para todo mundo se proteger, se prevenir”, opinou. Já o vidraceiro Everaldo Souza, 28, se testou pela primeira vez. “Resolvi fazer porque é sempre bom a gente saber se está com alguma coisa, até mesmo o nosso parceiro ou parceira, para não passar para ninguém”, disse.

Para a secretária da Saúde do Estado, o feedback do público é importante para planejar mais ações semelhantes. “Além disso, o reconhecimento da importância da testagem e da qualidade no atendimento ao cidadão nos deixa muito feliz. Estamos no caminho certo, mostrando como o Governo da Bahia cuida bem de sua população e dos visitantes”, declara Roberta Santana.

Foto: Ivan Dias Marques/Saúde GOVBA

Além da testagem de ISTs, a Sesab, em parceria com a Superintendência de Fomento ao Turismo (Sufotur), está distribuindo preservativos em ações do lado de fora do Parque de Exposições e também durante os shows. Ao todo, cerca de 70 mil preservativos já foram distribuídos, sendo mais de 38 mil na segunda noite do São João da Bahia.

Histórico

Este é o segundo ano em que a estratégia de testagem de ISTs está sendo realizada durante os festejos de São João. Em 2023, foram realizados 14.548 testes rápidos nas sete cidades onde os estandes foram montados. Deste total, 27 foram positivos para HIV, 3 para Hepatite B, 7 para Hepatite C e para Sífilis foram 201 testes reagentes.

As pessoas que testaram positivo para Sífilis, tiveram a oportunidade de já iniciar o tratamento no próprio estande, uma estratégia iniciada nas ações de prevenção de ISTs no Carnaval e que, agora, está presente no São João também. “Para quem não quer iniciar o tratamento, a gente realiza o encaminhamento para início do tratamento em unidades de saúde. Além disso, fazemos o aconselhamento dos pacientes, explicando sobre as doenças e fazendo o acolhimento necessário”, explica a coordenadora de Doenças e Agravos Transmissíveis da Sesab, Eleuzina Falcão.

No interior do estado, os postos de testagem começam a funcionar na próxima semana. Nas cidades de Amargosa, Irecê e Santo Antônio de Jesus, os testes poderão ser feitos de 19 a 24 de junho. Em Senhor do Bonfim, o estande atenderá de 19 a 23 de junho, enquanto que, em Ibicuí, será de 20 a 24 de junho e, em Cachoeira, de 21 a 25 de junho. Em Salvador, o posto montado no Parque de Exposições funcionará de neste sábado (15), de 21 a 24 de junho e de 28 de junho a 2 de julho. 

Posto de emergência

A Secretaria da Saúde do Estado também montou, no Parque de Exposições, um posto para atender às emergências que, por ventura, ocorram durante as festas. A sexta-feira teve um número menor de atendimentos do que na abertura dos festejos juninos. Enquanto no primeiro dia, foram 43 entradas, na segunda noite foram 35.

As náuseas foram o principal motivo de atendimento. Quatro pessoas necessitaram de transferência para unidades de saúde. Neste ano, a novidade na assistência, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, é o atendimento de saúde mental.

Fonte: Ascom/Sesab

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário