Bahia investe mais de R$ 14 bilhões em saúde e cria novos leitos em todo o estado

O Governo do Estado da Bahia alcançou um marco histórico ao aplicar mais de R$ 14 bilhões em saúde nos últimos 17 meses, concentrando esforços para descentralizar o sistema de saúde, beneficiando também os municípios do interior, além de Salvador e Região Metropolitana. Os investimentos visam ampliar e qualificar a assistência à saúde da população baiana, através da criação de novos leitos e melhoria dos serviços oferecidos.

Desde 2023, foram aplicados R$ 10,04 bilhões em saúde, com um adicional de R$ 4,04 bilhões investidos até maio de 2024. Esses recursos foram essenciais para a criação de 745 novos leitos sob gestão estadual e outros 1.880 leitos através de parcerias com entidades filantrópicas, privadas e municipais.

Além disso, iniciativas como feiras de saúde, cirurgias eletivas e a distribuição de ambulâncias e equipamentos foram ampliadas. “Somente o projeto Saúde Mais Perto, que leva serviços de saúde e cidadania de modo itinerante para os municípios, já realizou mais de 500 mil atendimentos entre consultas, exames e cirurgias. Também temos atuado em outras frentes itinerantes, como o rastreamento do câncer de mama e a odontologia nas escolas, ultrapassando os 348 mil atendimentos. Essa é uma pequena amostra das ações do Governo do Estado ao longo dos últimos 17 meses”, afirma a secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana.

Novos Hospitais e Ampliações

Entre as principais entregas recentes, destaca-se o Hospital Estadual Costa das Baleias, em Teixeira de Freitas, inaugurado em 2024. Em menos de 30 dias, o hospital já atendeu mais de 2.200 pacientes, tornando-se referência para 21 municípios da região. Outros hospitais estaduais integraram a rede de atendimento, como o Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, e o Hospital Regional Vicentina Goulart, em Jacobina, ambos com novas unidades de alta complexidade em oncologia.

Equipamentos, veículos e expansão de serviços

Além da criação de novos leitos, o governo estadual investiu significativamente em equipamentos médico-hospitalares. Em 2023, foram adquiridos 24.810 equipamentos para unidades estaduais, enquanto os municípios receberam 9.864 equipamentos. Em 2024, até maio, foram investidos mais R$ 144,8 milhões em equipamentos para unidades estaduais e R$ 25,7 milhões para unidades municipais.
O governo também investiu em veículos administrativos e ambulâncias. Entre 2023 e maio de 2024, foram entregues 86 veículos administrativos e 26 ambulâncias para unidades estaduais, e 13 veículos administrativos e 144 ambulâncias para prefeituras e unidades filantrópicas.

As ações recentes refletem um esforço contínuo para expandir e melhorar os serviços de saúde, incluindo a ampliação de leitos de UTI pediátrica e a criação de unidades especializadas em diversas regiões do estado. O Complexo Hospitalar de Vitória da Conquista, por exemplo, ampliou seus leitos de UTI pediátrica, enquanto o Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, implementou a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON).

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário