Canteiro central da Av. Bonocô ganhará parque urbano com quadras, pista de skate, parques infantis e outras áreas de lazer

Foto: Betto Jr. / Secom PMS

Uma das principais vias de Salvador, a Avenida Mário Leal Ferreira, mais conhecida como Bonocô, terá o canteiro central completamente requalificado pela Prefeitura, proporcionando para a população que vive no entorno novas estruturas de esporte e lazer, além de espaços comerciais e mais paisagismo. A obra, com início imediato, foi autorizada nesta quarta-feira (12) pelo prefeito Bruno Reis e terá investimentos de R$9,6 milhões.

A área central da Bonocô abriga os pilares da linha elevada do metrô e suas estações e tem extensão de aproximadamente 3 km. A ideia do projeto, elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), é criar um parque urbano harmonizando a natureza com estruturas de interesses coletivos como quadras diversas, pista de skate, parques infantis, quiosques, anfiteatro, entre outros, incluindo um espaço coberto para a realização de eventos.

“Vai ficar uma das avenidas mais bonitas de Salvador, a Nova Parque do Bonocô. Vejam vocês a capacidade que a Prefeitura está tendo, como fez nas áreas livres do BRT, em baixo dos elevados. Quem passa por lá vê a galera usando às vezes até de madrugada a pista de skate, as quadras de vôlei, de futebol. A mesma coisa vai ocorrer aqui, numa área muito maior”, disse o prefeito Bruno Reis.

Segundo a presidente da FMLF, Tânia Scofield, o objetivo é dar um novo uso social a áreas que estão subutilizadas. “Sempre incomodou, a boa parte da população, ver o quanto essa área sob os elevados estava ociosa. E a gente tem aqui no entorno bairros populosos como Cosme de Farias e Brotas, onde os moradores não dispõem de áreas de lazer, convívio e esporte. Então, vamos requalificar esses cerca de 3 km, e a gente está tratando isso como um parque urbano para essas comunidades das áreas lindeiras”, disse.

Estações – O parque será dividido em diversas ‘estações’, cada uma com uma temática: Skate Park, com área de estar, pista de skate, academia e anfiteatro; Estação da Alegria, com varal de brinquedos, parque infantil e Casa do Tarzan; e Estação Lazer e Primeira Infância, com parque para primeira infância, quadra infantil, roda de capoeira e lanchonetes.

Completam o projeto a Estação Esportes, Saúde e Lazer, com quadra de areia, academia da terceira idade, quadra poliesportiva, parque infantil, anfiteatro e lanchonetes; e a Estação Feiras e Eventos, com bancos com jardineiras e espaço coberto para eventos. Além disso, toda a arborização do canteiro central será requalificada e vários equipamentos urbanos darão suporte ao lazer dos usuários, como sanitários públicos, mesas, bancos e lixeiras.

“Os equipamentos infantis aqui serão diferentes dos outros que a Prefeitura tem implantados em toda a cidade. São novos equipamentos, que nós estamos introduzindo agora nas avenidas, nas áreas, e nós estamos a cada dia devolvendo mais a cidade ao cidadão. Com certeza será um verdadeiro sucesso”, completou Bruno Reis.

O projeto também visa melhorar e ampliar a ciclovia existente com a sinalização adequada e a instalação de paraciclos ao longo de todo o circuito. A pista para caminhada e corrida também será totalmente requalificada, servindo de acesso para todos os equipamentos. Em alguns trechos, haverá ainda pavimentação em piso intertravado e estacionamentos. A obra ficará a cargo da Superintendência de Obras Públicas de Salvador (Sucop).

Carlos Augusto Menezes, de 71 anos, é morador da Rua Machado de Assis, em Brotas, e atua como técnico de segurança. Segundo ele, a área de lazer era uma necessidade de toda a região. “Você não tem ideia do quanto isso será benéfico para as comunidades, para os nossos idosos e para as nossas crianças. As comunidades precisam disso, de mais áreas de lazer, para ocupar os nossos jovens. Quem pratica esporte, seja jovem ou adulto, está saudável”, disse.

A Avenida Bonocô é margeada por bairros como Cosme de Farias, Vale do Matatu, Luís Anselmo, Daniel Lisboa, Ogunjá, Brotas (pelo Vale das Flores e Pitangueiras) e Campinas de Brotas. Essas localidades possuem alta densidade demográfica e sofrem com ausência de espaços abertos para implantação de praças, largos e parques.

Reportagem: Thiago Souza e Vitor Villar / Secom PMS

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário