Hemoba promove campanha de doação de sangue em celebração ao Junho Vermelho

Logo

Para celebrar o Junho Vermelho, iniciativa que objetiva conscientizar a sociedade sobre a importância da doação de sangue, a Hemoba promove a campanha Para Sempre Doador: de Geração em Geração, juntamente com Hemocentros Unidos. A ação busca incentivar as pessoas doarem sangue de forma voluntária e altruísta através do convite a doadores de várias gerações (pais, filhos, avós), como gesto contínuo de solidariedade, cidadania e responsabilidade social. Na Hemoba, estão programadas atrações musicais, palestras, publicações nas redes sociais, horário especial de funcionamento e novos roteiros da unidade de coleta móvel (hemóvel).

Em 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, haverá a apresentação musical da banda Flor de Milho, a partir das 11h, no Hemocentro Coordenador, em Salvador. Em homenagem ao doador, também serão distribuídos mimos e terá uma cabine de vídeo 360o para diversão. A data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para conscientizar sobre a necessidade dos hemocomponentes em diversos tratamentos e incentivar a doação regular de sangue.

Ilustração: Ascom/Hemoba

Geralmente, em junho, pode haver um menor volume de doações ocasionado por vários fatores, como maior incidência de infecções respiratórias em decorrência de ondas mais intensas de frio e chuvas; aumento de viagens por causa das férias escolares e, no Nordeste, celebrações das festas juninas. Além disso, cresce a demanda por transfusão de sangue motivada por um maior número de acidentes nas estradas e elevado índice de casos de queimaduras, ocasionados pelos fogos de artifícios dos festejos juninos.

Campanha

A campanha Para Sempre Doador: de Geração em Geração foi desenvolvida pelo Instituto Pró-Hemo e compartilhada nacionalmente por meio do projeto Hemocentros Unidos, que reúne hemocentros de todo o Brasil para promoção de estratégias e ações nas áreas de hemoterapia e hematologia aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). No Brasil, apenas 19% da população doa sangue regularmente, e a principal faixa etária envolvida com a doação é de pessoas entre 25 e 34 anos. Jovens com menos de 24 anos e pessoas acima dos 35 anos têm uma menor participação na doação de sangue no país. A campanha ressalta a importância dos doadores do presente (filhos) e do passado (pais, mães, tios, tias, avós e avôs) serem exemplo e motivação para gerações futuras.

Ilustração: Ascom/Hemoba

Roteiro do hemóvel

No Junho Vermelho, na capital baiana, as unidades móveis de coleta da Hemoba estarão em vários locais da cidade, das 8h às 17h. Confira: Unijorge (Paralela) – 03/06; Hospital das Clínicas (UFBA) – 04 a 07/06; Salvador Shopping – dias 08, 15, 21 e 22, 25 e 26 e 29/06; Colégio Plural (Paripe) – 10/06; Tribunal de Justiça da Bahia (CAB) – 11 e 12/06; CCR Metrô (Estação Pirajá) – 13 e 14/06; Assaí Paralela/Unifacs – 17 e 18/06; CCR Metrô (Sede) – 19 e 20/06; e UFBA (Ondina) – 27 e 28/06.

Onde doar

Em Salvador, o posto itinerante da Hemoba continuará no Salvador Norte Shopping (G1) durante todo o mês de junho, das 9h às 18h, exceto aos domingos. As unidades fixas funcionam com o seguinte horário: Hemocentro Coordenador (sede da Hemoba), de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e aos sábados, das 7h30 às 16h30; Hospital do Subúrbio, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30; Hospital Ana Nery, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30; Hospital Roberto Santos, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h; Hospital Santo Antônio (OSID), de segunda a sexta-feira, das 7h10 às 11h30 e das 13h às 16h. Para informações sobre os horários de atendimento das 21 unidades de coleta no interior, consultar o site da Hemoba: .

Critérios para doação

Para doar sangue, o candidato tem que estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 kg e ter idade entre 16 e 69 anos. Lembrando que menores de 18 anos devem ir acompanhados dos pais ou responsável legal, e idosos acima de 60 anos só podem doar se já tiverem doado anteriormente. No dia da doação, o voluntário não pode estar em jejum, não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação e não ter fumado por pelo menos duas horas antes do procedimento, além de ter dormido por no mínimo seis horas na noite anterior. Também é recomendável que evite alimentos gordurosos nas últimas quatro horas anteriores ao procedimento.

Fonte: Ascom/Hemoba

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário