SJDH anuncia investimento de R$ 45 milhões para proteção de crianças e adolescentes nesta quarta (22)

Logo

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos da Bahia (SJDH) anuncia, na quarta-feira (22), um investimento de mais de R$ 45 milhões em projetos destinados à proteção de crianças e adolescentes no estado. O anúncio será feito durante o evento de lançamento da Agenda Bahia de Acesso à Justiça e Direitos Humanos de Crianças e Adolescente, promovido pela pasta e que se amplifica em diversas frentes de atuação.

O encontro será realizado às 10h, no Parque do Queimado, sede do projeto Neojiba, em Salvador. Política ampla, a Agenda Bahia de Proteção a Crianças e Adolescentes contempla variadas áreas que incidem sobre a proteção do público infantojuvenil. Ao todo, oito termos de colaboração serão assinados, somando o montante R$ 45.320 milhões.

O evento e o lançamento da agenda integram a campanha nacional ‘Faça Bonito’, do 18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e exploração Sexual Infantojuvenil. Além da assinatura dos termos de coloração com entidades para execução dessas políticas, arte, cultura e palestras formativas darão o tom do evento. O momento contará com a participação de adolescentes atendidas e atendidos por organizações parceiras e também do Comitê de Participação Adolescente (CPA).

“A proteção de crianças e adolescentes é um imperativo ético, portanto, uma missão que nós, enquanto sociedade, Estado e famílias, devemos abraçar. É impossível pensar uma sociedade justa sem termos a meta de não apenas mitigar a ocorrência desses crimes, mas ter um horizonte de eliminar esse tipo de opressão. A tarefa é grande, deve envolver múltiplos agentes públicos e civis, mas nunca deve ser esquecida. É uma das nossas maiores prioridades no Governo do Estado”, afirmou o secretário da SJDH, Felipe Freitas.

Campanha nacional e proteção a grupos vulneráveis

Crianças e adolescentes compõem um dos grupos prioritários da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos da Bahia (SJDH). Nesse sentido, o órgão se une à campanha nacional ‘Faça Bonito – Projeta Nossas Crianças e Adolescentes’, celebrando a participação em 23 edições da iniciativa, e promove um evento que convoca a sociedade a aderir ao enfrentamento à violência sexual contra o público infantojuvenil.

Dados

O abuso e a exploração sexual ainda é uma infeliz realidade na vida de milhares de crianças e adolescentes do Brasil. Em 2023, o Disque 100 registrou mais de 31 mil denúncias deste crime. Um dos casos mais emblemáticos é o assassinato de Araceli Cabrera Sanchéz Crespo, que aconteceu no dia 18 de maio de 1973. A data foi escolhida para destacar a luta contra esta violação de direitos humanos.

Fonte: Ascom/SJDH

Fonte: Clique aqui

O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos

Deixe o primeiro comentário